Monday, May 11, 2009

SEDUTOR

Foto: Gad. Huambo, Abril 2009
Detalhe de um dos edifícios que mais me marcou na cidade do Huambo. Expressivo nas formas, garrido nas cores é um paradigma daquilo que foi o experimentalismo dos arquitectos portugueses que nas colónias onde encontraram espaço e "clima" para explorarem, em relativa liberdade, as suas ideias modernistas. As marcas das balas e das bombas nas suas paredes lembram que um dia, há pouco tempo, este "sedutor" esteve bem no meio do Inferno.

5 comments:

quando-as-catedrais-eram-brancas said...

Olá Gonçalo. Excelente foto de excelente coisa. Há mais destas?

Gonçalo Afonso Dias said...

Meu caro, Muitas fotos de muitas "coisas" excelentes!...
Deste "bicho" vou editar mais algumas. Segue-se um hospital, tambem no Huambo, que me fez "revisitar" o sanatório do A.Aalto. Abraço.

AM said...

isso é um achado
será de quem e de quando!?
estou sem palavras...

Gonçalo Afonso Dias said...

Viva Am! Não sei de quem é nem de quando. Julgo que será do início dos anos 70. Contudo, prevejo mais estadias no Huambo, cidade que me fascinou, e terei tempo de investigar. Abraço

Nuno Cavaco said...

Caro Gonçalo,

Este "bicho" é dos anos 70 e o projecto previa a construção de outro ao lado; o projectista, que não é arquitecto, é a mesma pessoa que desenhou a "casa branca" que referes em outro post, assim como o promotor e proprietário de um e da outra eram a mesma pessoa...

Nuno Cavaco